Página Inicial







Nigéria: 71 mortos em ataque terrorista
15 de Abril de 2014

Na segunda-feira, 14 de Abril, a explosão de uma bomba no terminal rodoviário de Nyanya, em Abuja, capital nigeriana, fez 71 mortos e 124 feridos. O presidente nigeriano, Goodluck Jonathan, acusou o grupo radical islâmico Boko Haram de ser o responsável pelo atentado, mas pediu "uma investigação completa para identificar e trazer à justiça os culpados pelo ataque".

 

De acordo com o Diretor de Comunicações Sociais da Arquidiocese de Abuja, Pe. Patrick Tor Alumuku, “o Exército está perseguindo os homens de Boko Haram, mas estes em resposta cometem represálias contra os civis".

 

O sacerdote explica que a capacidade da seita islâmica de resistir aos ataques do exército vem da ajuda que recebe do exterior: “Um grande número de combatentes de Boko Haram não são nigerianos, porque Al-Qaeda no Magrebe Islâmico decidiu oferecer apoio à seita islâmica nigeriana", disse Pe. Patrick.

 

No domingo, 13 de Abril, ao menos 60 pessoas morreram em ataques no estado de Borno, noroeste da Nigéria, indicou uma autoridade local, que também acusou o grupo islamita radical Boko Haram.

  

"Os responsáveis, que, sem dúvida, são insurgentes do Boko Haram, atacaram Amchaka e localidades vizinhas, lançando bombas artesanais e ateando fogo às casas", denunciou Baba Shehu Gulumba, integrante do governo de Bama.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados