Página Inicial







Nigéria: Raparigas sequestradas para servirem de escravas
17 de Abril de 2014

As mais de 100 raparigas entre os 16 e 18 anos que foram sequestradas de uma escola em Chibok, na segunda-feira, 14 de Abril, no nordeste da Nigéria, podem ter sido escravizadas.

 

De acordo com o Padre Timothy Cosmas, que dirige a Comissão Justiça e Paz da diocese de Maiduguri, “houve pelo menos três sequestros de estudantes no ano passado, no Estado de Borno. Militantes de Boko Haram mataram os homens, queimaram as casas e levaram as raparigas”.

 

O sacerdote sublinha que não houve notícias das meninas, que não foi feito pedido de resgate e que é provável que as raparigas tenham sido levadas para se tornarem escravas.

 

“Os militantes têm como alvo as escolas porque consideram a educação ocidental uma afronta ao Islão, mas também porque podem raptar um elevado número de meninas de uma só vez" , salienta o padre Timothy.

 

Na noite anterior aos exames, quando os sequestradores chegaram em camiões, as estudantes estavam todas nos dormitórios. Outra motivação revelada pelo sacerdote é a propaganda: “após este episódio, o mundo inteiro está falando sobre Boko Haram.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados