Página Inicial







Vaticano: Papa apela ao fim da violência na Síria
9 de Abril de 2014

Durante a Audiência Geral desta quarta-feira, 9 de Abril, no Vaticano, o Papa Francisco lançou um novo apelo em favor da paz na Síria, na sequência do assassinato brutal de um sacerdote jesuíta ocorrido na segunda-feira.

 

“Foi assassinado o Pe. Frans van der Lugt, meu co-irmão jesuíta holandês de 75 anos, que chegou à Síria cerca de 50 anos atrás e que sempre fez o bem a todos, com gratuidade e amor, e por isso era amado e estimado por cristãos e muçulmanos.

 

O seu brutal assassinato me encheu de profunda dor e me fez pensar mais uma vez nas tantas pessoas que sofrem e morrem neste martirizado País, há muito tempo refém de um conflito sangrento, que continua a provocar morte e destruição. Penso também nas inúmeras pessoas sequestradas, cristãos e muçulmanos, sírios e de outros países, entre as quais há bispos e sacerdotes. Peçamos ao Senhor que possam em breve voltar para seus caros e para suas famílias e comunidades.

 

De coração, convido todos vocês a unirem-se à minha oração pela paz na Síria e na região, e lanço um forte apelo aos responsáveis sírios e à comunidade internacional: calem as armas, chega de violência! Guerra nunca mais! Chega de destruição! Que o direito humanitário seja respeitado, que a população necessitada de assistência humanitária seja socorrida e se chegue à almejada paz por meio do diálogo e da reconciliação.”

 

Pe. Frans foi executado por dois homens no jardim da comunidade jesuíta, com dois tiros na cabeça, ao se recusar a abandonar o bairro onde morava para ficar junto com a população local.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados