Página Inicial







Mundo: Santa Sé denuncia aumento das ameaças à liberdade religiosa
14 de Fevereiro de 2014

O observador permanente da Santa Sé na ONU denunciou o aumento das ameaças à liberdade religiosa em todo o mundo, durante um debate dedicado ao tema que decorreu no Capitólio, Washington (Estados Unidos da América).

 

D. Francis Chullikatt, citado pelo portal de notícias do Vaticano, disse que as perseguições aos crentes estão a emergir “com uma frequência cada vez maior”, mesmo nas democracias ocidentais, como no caso das proibições legais de apresentar publicamente símbolos e imagens cristãs.

 

O responsável alertou, em particular, para a situação no Médio Oriente, cujas comunidades cristãs enfrentam situações de violência e de exclusão social.

 

O núncio nas Nações Unidas pediu que os Estados-membros, “especialmente os que têm um perfil de liderança, como os EUA, assumam medidas decididas” para assegurar a proteção do direito à liberdade religiosa.

 

Informações da «Agência Ecclesia».



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados