Página Inicial







Moçambique: Bispo acusa as multinacionais
11 de Março de 2014

O bispo de Tete, Monsenhor Inácio Saure, acusa as multinacionais de não respeitar as leis enquanto os agricultores são obrigados a abandonar suas aldeias e estão se tornando cada vez mais pobres. A região é uma das mais ricas do país em matérias-primas.

 

“O Governo alega que as dificuldades são grandes porque a exploração de jazidas de carvão começou há poucos anos, mas a verdade é que os agricultores estão enfrentando um grande desconforto e em breve poderá haver novas revoltas de desespero”, disse o bispo.

 

O protesto mais recente aconteceu em maio de 2013, quando os habitantes bloquearam por várias horas a ferrovia que liga as minas da multinacional brasileira Vale ao terminal de exportações na costa do Oceano Índico.

 



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados