Página Inicial







Mundo: Católicos apelam por um mundo sustentável e justo
8 de Junho de 2012

Em declaração conjunta, mais de 50 líderes da Igreja Católica e da sociedade civil de todos os continentes apelam aos líderes mundiais para que trabalhem em prol de um mundo efectivamente sustentável e justo. Este apelo é feito no contexto da Conferência da ONU sobre o desenvolvimento sustentável «Rio+20» (Rio de Janeiro, de 20 a 22 de junho de 2012).

 

Uma delegação de líderes da igreja e da sociedade civil, organizada pela aliança internacional das agências católicas de desenvolvimento sustentável, a CIDSE, participará nos debates da Conferência Rio+20 exigindo mudanças duradouras a favor do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza.

 

«O nosso sistema global é insustentável e injusto, mas seria um erro acreditar que ligeiros ajustes de ritmo nos poderão pôr em lugar seguro. Em vez disso, a Conferência Rio+20 deverá tomar um novo rumo em direção do desenvolvimento baseado nos direitos e equitativo para uma vida verdadeiramente humana para todos os seres humanos, em harmonia com a criação», disse o Secretário-Geral da CIDSE, Bernd Nilles.

 

A declaração apoiada pela «Fundação Fé e Cooperação» (FEC) tem apresentação marcada para dia 17 de junho, no Rio de Janeiro, três dias antes do início de uma conferência promovida pela Organização das Nações Unidas, na mesma cidade brasileira, sobre desenvolvimento sustentável.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados