Página Inicial







Roma: Encontro dedicado ao Cristianismo em África
16 de Maio de 2012

Na abertura dos trabalhos do encontro internacional que se realiza em Roma de 14 a 16 de maio, Mons. Alberto Trevisiol, reitor da Pontifícia Universidade Urbaniana, afirmou que o cristianismo em África «pode ser uma proposta diferente» de humanismo, de sociedade e de cultura, «não individualista e materialista» e «não autoreferencial».

 

O continente com a mais alta percentagem de aumento do número dos fiéis está no foco do tema do encontro «À escuta de África: seus contextos, suas esperanças, e suas potencialidades».

 

«A ideia da África que nos chega através dos meios de comunicação – observou o reitor – é parcial e manipulada. Sabemos que os desafios que nos apresenta o mundo de hoje - desde a economia, passando pela cultura e chegando à política internacional -, lançam com força a exigência fundamental de um diálogo entre os povo. Hoje, nenhuma cultura pode sozinha enfrentar seus problemas esquecendo-se dos horizontes mais amplos do mundo. A nossa intenção – explicou – é nos colocarmos à escuta de África. Muitas vezes, também na Igreja, podemos ser tentados a acreditar que a África seja uma nova edição do Cristianismo à nossa imagem. Os testemunhos da teologia e da filosofia africanas nos deixam claro que a África não é uma fotocópia do Ocidente, e nem deve ser!».



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados