Página Inicial







Portugal: País também é responsável pela pobreza em África
24 de Maio de 2012

A religiosa espanhola Begoña Iñarra, secretária executiva da «Rede Fé e Justiça África Europa», afirmou ontem, 23 de maio, que Portugal é responsável pelo empobrecimento dos camponeses africanos ao financiar a produção de combustíveis biológicos nos seus países.

 

“Portugal, seguindo a prática dos países membros da União Europeia, está a dar subsídios às companhias produtoras de biocarburantes, dado que na Europa não há terrenos disponíveis para essas culturas», denunciou a responsável em declarações à «Agência Ecclesia».

 

A aquisição por parte de proprietários locais e companhias estrangeiras de vastas áreas de terreno para a produção de combustíveis e alimentos, destinados à exportação, constitui a principal preocupação da organização cristã, que tem como objetivo pressionar as instituições europeias para os problemas económicos em África.

 

“Os compradores prometem emprego aos camponeses que ficaram sem as terras mas não o dão porque a maior parte da mão de obra é substituída por trabalho mecanizado”, explicou, acrescentando que a verba recebida pelos agricultores, quando são indemnizados, “chega-lhes para um ano, não mais”.

 

Informações da «Agência Ecclesia»



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados