Página Inicial







Brasil: Relatório de Violência Contra os Povos Indígenas
6 de Junho de 2012

O «Conselho Indigenista Missionário» (Cimi) lançará no próximo dia 13 de junho os dados de 2011 do relatório anual de «Violência Contra os Povos Indígenas no Brasil».

 

Objetivo do Cimi é denunciar o mosaico de violações contra os direitos dos povos indígenas: «Os dados apresentados neste relatório revelam as agressões à dignidade humana dos povos indígenas em todo o Brasil, sua aflição e seus sofrimentos», escreve dom Erwin Krautler, presidente do Cimi e bispo da Prelazia do Xingu (PA), no texto de abertura do relatório.

 

Para o secretário executivo do Cimi, Cleber Buzatto, o relatório é ao mesmo tempo um alerta e uma cobrança, sendo instrumento político para tais fins.

 

«Denunciamos para a sociedade brasileira e organismos internacionais as violências contra os povos indígenas e, ao mesmo tempo, chamamos a atenção das autoridades públicas para adotar medidas que coíbam tais violências», explica.

 

No relatório, os dados trazem informações referentes a violências contra o indivíduo (assassinatos, ameaças, racismo), violências contra o património (morosidade na regularização de terras, conflitos, invasões de áreas indígenas), violências por omissão do poder público (suicídios, falta de assistência na área da saúde, mortalidade infantil), violências contra indígenas isolados e de povos vitimados pela ditadura militar.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados