Página Inicial







Vaticano: A nova evangelização está essencialmente ligada à missão ad gentes
31 de Outubro de 2012

No encerramento do Sínodo dos Bispos o Papa disse que a nova evangelização está «essencialmente ligada à missão ad gentes».

 

Bento XVI recordou que «a Igreja tem o dever de evangelizar, de anunciar a mensagem da salvação aos homens que ainda não conhecem Jesus Cristo».

 

«No decurso das próprias reflexões sinodais, foi sublinhado que há muitos ambientes em África, na Ásia e na Oceânia, onde os habitantes aguardam com viva expectativa – às vezes sem estar plenamente conscientes disso – o primeiro anúncio do Evangelho. Por isso, é preciso pedir ao Espírito Santo que suscite na Igreja um renovado dinamismo missionário, cujos protagonistas sejam, de modo especial, os agentes pastorais e os fiéis leigos. A globalização provocou um notável deslocamento de populações, pelo que se impõe a necessidade do primeiro anúncio também nos países de antiga evangelização. Todos os homens têm o direito de conhecer Jesus Cristo e o seu Evangelho; e a isso corresponde o dever dos cristãos – de todos os cristãos: sacerdotes, religiosos e leigos – anunciarem a Boa Nova», salientou o Pontífice.

 

Leia mais sobre o «Sínodo dos Bispos 2012: mostrar a beleza da fé».



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados