Página Inicial







Mundo: 61 milhões de crianças fora da escola
13 de Dezembro de 2012

No mundo, 61 milhões de crianças não vão à escola, 31 milhões vivem na África e 53 por cento são meninas. Essas são as estatísticas divulgadas pela organização espanhola «Entreculturas», por ocasião do próximo «Dia Internacional dos Direitos Humanos», celebrado a 10 de dezembro.

 

Em setembro, a organização lançou uma iniciativa denominada «la Silla Roja de la NO vuelta al cole». Trata-se de um banco, colocado nas salas de aula de muitas escolas, que representa e recorda as crianças que não frequentam a escola. Sobre um mapa-múndi desenhado no chão, com 61 bancos vermelhos (1 para cada milhão), serão representados esses 61 milhões de meninos e meninas que não têm a possibilidade de instruir-se como seus coetâneos.

 

A drástica redução das Ajudas Oficiais ao Desenvolvimento está repercutindo negativamente sobre as faixas mais vulneráveis: escolas que não serão construídas, professores que não se formarão, meninos e principalmente meninas que não terão acesso à escola.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados