Página Inicial







Sudão do Sul: Governo expulsa funcionária da ONU
5 de Novembro de 2012

O governo do Sudão do Sul disse no domingo, 4 de Novembro, que expulsou uma funcionária da ONU que realizava uma investigação sobre a situação dos direitos humanos no país.

 

Segundo o porta-voz do governo, Barnaba Marial Benjamin, a atuação da funcionária, Sandra Beidas, era «antiética».

 

Fontes da ONU disseram que a expulsão de Beidas poderia estar relacionada a um informe publicado em agosto, no qual ela acusava o Exército de torturar, violentar, sequestrar e matar civis.

 

Para a ONU, a expulsão representa uma quebra das obrigações legais do Sudão do Sul com a organização.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados