Página Inicial







Suíça: Abertura do Fórum Económico Mundial
23 de Janeiro de 2013

A elite económica e financeira encontra-se esta semana na pequena cidade suíça de Davos para participar no «Fórum Económico Mundial». As conferências começam nesta quarta-feira, 23 de Janeiro.

 

Com o tema «Dinamismo Resiliente», o Fórum deste ano deve debater principalmente o futuro económico da Europa, pelo que os nomes mais fortes serão a chanceler alemã, Angela Merkel, e o primeiro-ministro britânico, David Cameron, para além de Mário Draghi (presidente do BCE), Mario Monti (primeiro-ministro italiano), Christine Lagarde (diretora-geral do FMI) e Dmitry Medvedev (primeiro-ministro russo).

 

Em cima da mesa estará também em reflexão sobre o limite de endividamento do governo americano, assim como o decréscimo de crescimento da economia chinesa e as medidas de incentivo anunciadas nesta terça pelo governo japonês.

 

Como antecipação das conferências a organização realizou um inquérito a 390 especialistas para elaborar um índice de confiança económica. As conclusões são interessantes.

 

Perguntados sobre o seu nível de confiança em relação à cooperação, economia e governança globais, é neste último ponto que surge a maior dose de desconfiança: a maioria (50,5 por cento) diz ter pouca ou nenhuma confiança. Escassos 14,6 por cento são optimistas. Os restantes são neutros.

 

Também há desconfiança no item da «cooperação global», que depende de líderes fortes e competentes: apenas 24,6 por cento dos entrevistados acreditam na cooperação, contra 44,6 por cento que têm pouca ou nenhuma confiança. Dados praticamente similares em relação à confiança na economia global: 22,6 por cento confiam, 43,1 por cento desconfiam.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados