Página Inicial







Portugal: País «deve muito» aos religiosos
18 de Janeiro de 2013

O bispo de Coimbra considera que «Portugal deve muito daquilo que é e, portanto, da sua identidade, à incansável ação dos Consagrados que, impregnaram de Evangelho a sua história».

 

«A difusão da fé cristã, o progresso nos valores humanos fundamentais, o crescimento espiritual e o desenvolvimento cultural, são, em grande parte ação destes homens e mulheres entregues a Cristo por amor dos irmãos», escreve D. Virgílio Antunes na mensagem para a Semana do Consagrado, divulgada pela «Agência Ecclesia».

 

No documento intitulado «Peregrinos na fé, apóstolos na evangelização do mundo», o presidente da Comissão Episcopal das Vocações e Ministérios frisa que «hoje, como em todos os tempos, a força e a beleza da fé só podem encontrar-se quando ela é vivida na radicalidade evangélica».

 

Para D. Virgílio os religiosos são «aqueles em quem se espera encontrar de forma mais visível esse testemunho, em virtude dos conselhos evangélicos [pobreza, obediência e castidade], a via da radicalidade que amorosamente assumem como dom e compromisso».

 

«Precisamos urgentemente de homens e mulheres totalmente imbuídos de Cristo, que mostrem a outra face, isto é, que se distanciem dos critérios terrenos e se deixem conduzir pelos critérios do alto», observa.

 

A «4ª Semana do Consagrado», que decorre de 27 de janeiro a 3 de fevereiro, é uma iniciativa do episcopado português, em parceria com a Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP) e a Conferência Nacional dos Institutos Seculares de Portugal.

 

Além da mensagem de D. Virgílio Antunes, a CIRP vai disponibilizar na sua página uma vigília de oração e uma meditação bíblica, bem como pagela, cartaz, preces diárias e proposta de homilia para as missas de 2 de fevereiro, Dia do Consagrado.

 

De 9 a 12 de fevereiro a CIRP organiza em Fátima, no Centro Pastoral Paulo VI, a 28ª Semana de Estudos sobre a Vida Consagrada, dedicada ao tema «Fé e Vida Consagrada: Renovação para a Nova Evangelização».

 

Com informações da «Agência Ecclesia».



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados