Página Inicial







Sudão do Sul: Assassinado jornalista que criticava o Governo
7 de Dezembro de 2012

Um jornalista sul-sudanês e comentarista político foi assassinado próximo a Juba, dias depois de publicar um artigo criticando as decisões dos ex-rebeldes agora no governo do Sudão do Sul. De acordo com jornais e rádios locais, o assassinato levanta temores em relação ao respeito aos direitos humanos no país.

 

Relatos de testemunhas e da polícia afirmam que Isaiah Ding Abraham Chan Awuol foi morto a tiros por pistoleiros desconhecidos em frente a sua casa em Gudele, a oeste da capital Juba, na manhã de quarta-feira (5 de Dezembro).

 

Sob o pseudónimo de Isaiah Abraham, ele escreveu artigos de opinião e comentários para o «Sudan Tribune» e outras publicações. Em seu último artigo, publicado a 28 de Novembro, o jornalista havia abordado um assunto sensível, chamando o governo para fomentar melhores relações com o seu velho inimigo Sudão e abster-se de apoiar grupos rebeldes na fronteira com o norte. Uma semana antes, Isaiah Ding disse aos colegas que havia recebido ameaças dos serviços de segurança do Sudão do Sul sobre um artigo que tinha escrito, em que ele suscitava a renúncia do presidente Salva Kiir.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados