Página Inicial







América Latina: Missionários face aos impactos da exploração mineira
16 de Julho de 2013

Por ocasião da reunião do «Observatório de Conflitos de Mineração na América Latina» (OCMAL), que se realizará nos dias 9 e 10 de Novembro próximo, em Lima, um grupo de missionários – incluindo os Combonianos – religiosos e leigos do Brasil, Peru, Equador e Uruguai, com a participação também da “Misereor” (Alemanha), se está a organizar para criar uma rede ampla de reflexão e acção sobre os problemas derivados da exploração mineira em todo o continente.

 

O tema da indústria extractiva, com todos os conflitos sociais e ambientais com ele relacionados, interessa de uma maneira particular aos Missionários Combonianos. Estes definiram – no último Fórum Comboniano na Tunísia, em Março de 2013 – os crimes às populações e à natureza causados pela mineração como uma das suas prioridades pastorais a nível do continente americano.

 

O grupo dos religiosos, religiosas e leigos que se estão a preparar para a eventual participação na reunião do OCMAL, que provavelmente se realizará em Lima (Peru), já fizeram uma breve análise da situação social e eclesial de alguns países do continente (Brasil, Honduras, Peru, Guatemala, Costa Rica, etc.). Desta análise, podem extrair-se alguns pontos comuns que, sem dúvida, serão objecto de reflexão e aprofundamento durante o encontro do OCMAL de Novembro, como por exemplo:

 

- Os conflitos e as tensões existentes entre os cristãos comprometidos e a hierarquia da Igreja.

 

- A mudança, de um lugar para outro, de padres, religiosos e leigos que estão envolvidos junto das populações na resistência aos efeitos nefastos sociais e ambientais da mineração.

 

- Apoiar os cristãos, as comunidades cristãs e os bispos que, no Continente, se destacam pelo seu compromisso em favor das populações afectadas pela indústria extractiva.

 

- Dar continuidade à já longa história de resistência e melhorar a rede de comunicação entre todos os que estão envolvidos na pastoral da defesa das populações afectadas pela mineração.

 

- Reflectir sobre a posição da Igreja, não só no que diz respeito à mineração, mas também à custódia da Criação em geral.

 

- Fazer uma reflexão, distinguindo os dois níveis: para dentro e fora da Igreja.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados