Página Inicial







Mundo: Dia Mundial da População destaca gravidez de adolescentes
11 de Julho de 2013

O Fundo da ONU para a População, Unfpa, chamou a atenção para as causas da gravidez na adolescência, ao assinalar o «Dia Mundial da População» nesta quinta-feira, 11 de Julho.

 

O fenómeno é associado a fatores como pobreza, desigualdade de género, violência, casamento forçado, falta de acesso a escolas e falha do sistema em proteger seus direitos.

 

A agência refere que quebrar o ciclo da gravidez na adolescência requer compromisso das nações, comunidades e indivíduos em investir nas jovens.

 

A gravidez na adolescência é o tema das comemorações deste ano, quando estimativas apontam para 16 milhões de adolescentes entre 15 e 19 anos dão à luz anualmente.

 

Na mensagem sobre o dia, o Secretário-Geral da ONU pede atenção global ao «tópico sensível». Ban Ki-moon lembra que muitas adolescentes nunca tiveram a oportunidade de planear a gravidez.

 

O chefe da ONU destaca que problemas durante os nove meses e no momento do parto podem causar a fístula obstétrica e outras complicações, sendo a principal causa de morte.

 

O Secretário-Geral manifesta-se favorável à educação abrangente sobre sexualidade para os adolescentes em idade apropriada, além de acesso a serviços de saúde sexual e reprodutiva.

 

Ban pede ainda a garantia de serviços de planeamento familiar e de prevenção e tratamento de doenças sexualmente transmissíveis, incluindo o VIH.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados