Página Inicial







Vaticano: Papa elogia ação dos missionários
8 de Julho de 2013

O Papa Francisco elogiou no domingo, 7 de Julho, a ação dos missionários católicos em todo o mundo e disse ser «urgente» que os católicos assumam a necessidade de «anunciar o Reino de Deus».

 

«A todos se leva a paz de Crise e se não a acolherem, segue-se em frente. Aos doentes, leva-se a cura, porque Deus quer curar o homem de todo o mal. Quantos missionários fazem isto: semeiam vida, saúde, conforto nas periferias do mundo», declarou, antes da recitação da oração do Angelus, perante milhares de pessoas reunidas no Vaticano.

 

A intervenção decorreu após uma missa que reuniu de seminaristas, noviços e «jovens em caminhada vocacional», numa jornada integrada nas celebrações do Ano da Fé (outubro de 2013-novembro de 2013).

 

Francisco destacou que o objetivo do anúncio «não é socializar, passar o tempo juntos», mas dar a conhecer a mensagem cristã, sem «tempo a perder em coscuvilhices».

 

«Não é preciso esperar pelo consenso de todos, é preciso ir e anunciar», sublinhou.

 

O Papa evocou todos os que, na Igreja, trabalham junto dos doentes, de quem sofre e é marginalizado, «sempre como missionários do Evangelho, com a urgência do Reino que está perto».

 

«Não devemos vangloriar-nos como se fôssemos os protagonistas: protagonista é o Senhor», sustentou.

 

Francisco pediu as orações dos presentes por todos os que estão a preparar-se para o sacerdócio ou a vida consagrada, para que «o amor por Cristo amadureça cada vez mais na sua vida e se tornem verdadeiros missionários do Reino de Deus».



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados