Página Inicial







Brasil: Apelo de Piquiá aparece no jornal Vaticano
15 de Julho de 2013

O jornal «L’Osservatore Romano», do Vaticano, publicou no sábado, 13 de Julho, um artigo sobre a campanha «Piquiá quer viver», é um apelo que está a circular pelo mundo inteiro e que conta com o apoio dos Missionários Combonianos no Brasil.

 

A luta do povo de Piquiá de Baixo, no Estado do Maranhão, Nordeste do Brasil, «já ganhou o apoio de muitos setores da sociedade e a mobilização dos brasileiros cresce a cada dia. A mensagem que circula na rede é distribuída em cinco línguas: Italiano, Inglês, Português, Espanhol e Francês», diz o artigo do jornal.

 

O comunicado distribuído na campanha diz o seguinte:

 

Chega de poluição matando os 1.100 moradores de Piquiá de Baixo, chega de desculpas para atrasar o reassentamento deles!

 

Piquiá de Baixo é o bairro industrial de Açailândia, poluído há 25 anos por cinco siderúrgicas e a empresa de mineração Vale. São 350 famílias que sofrem por terem as indústrias “no quintal de sua casa”.

Febre, falta de ar, coceira, alergias, cancro: o lucro vai para poucos, mas esses danos são para todos.

 

Piquiá luta há sete anos para fugir da poluição. Não conseguindo tirar as empresas, a única solução foi um processo coletivo de reassentamento, numa área livre e digna.

 

O jornal refere que «a batalha é sustentada com determinação pelos missionários Combonianos em seu site na rede, onde emitiram um apelo sincero e direto: “Pedimos sua ajuda para enviar um e-mail para o prefeito de Açailândia, o governador e o procurador-geral de Justiça do Estado do Maranhão, para dizer basta com a poluição que está matando 1.100 pessoas em Piquiá de Baixo, e chega de desculpas que continuam a atrasar o projecto de reassentamento”».

 

Jornal L'Osservatore Romano de 13 de Julho em PDF (artigo na página 7).

Documento para download: LOsservatoreRomano13072013.pdf



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados