Página Inicial







R. Centro-Africana: Apelo urgente por ação contra a crise
10 de Julho de 2013

Os participantes do encontro de Treviso, engajados na República Centro-Africana (RCA), sem distinção de religião ou política, denunciaram a violência que está matar centenas de civis e a destruir este país já tão pobre. Eles pedem ao governo italiano e às autoridades internacionais para implementar uma ação de combate à crise centroafricana. Nesse sentido, pedem a ajuda de todos para que assinem uma importante petição online para pressionar estes organismos.

 

De acordo com o pedido, é essencial exercer a pressão adequada sobre todas as partes envolvidas na crise, de modo que os direitos e necessidades básicas da população, principal vítima e inocente nesta situação, sejam salvaguardados (paz, saúde, nutrição, educação).

 

Os participantes no encontro avaliam que não só é preciso oferecer alívio imediato para os civis, mas também assegurar a ajuda humanitária e promover o retorno dos refugiados que afluíram para o sul criando mais situações de miséria.

 

A 24 de Março, rebeldes armados da Seleka ocuparam a capital Bangui e forçaram a fuga do presidente Bozizé, acusando-o de corrupção e crimes contra a humanidade. Este foi o culminar de uma série de batalhas sangrentas ocorridas desde Outubro de 2012.

 

Após a tomada de poder por parte dos rebeldes, a capital passou a sofrer com os saques, assassinatos por parte dos gangues armados e uma violência descontrolada contra as mulheres, idosos e crianças.

 

Assine a petição aqui.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados