Página Inicial







Síria: Padre católico morto por rebeldes
25 de Junho de 2013

Um grupo de rebeldes sírios assassinou no domingo, 23 de Junho, o padre François Maurad, de 49 anos, que se encontrava no mosteiro franciscano de Ghassanieh, no norte da Síria.

 

De acordo com as informações, os assaltantes causaram danos materiais ao mosteiro de Santo António e acabaram por matar o sacerdote, apresentado como um eremita.

 

O padre Halim Noujaim, ministro regional dos Franciscanos na Síria, deu conta do incidente e afirma que «o Ocidente, ao apoiar os revolucionários, apoia extremistas religiosas e ajuda a matar os cristãos».

 

Para o Arcebispo Jacques Behnan Hindo, titular da arquieparquia sírio-católica de Hassaké-Nisibi, «toda a situação dos cristãos do Oriente Médio é marcada e fecunda pelo sangue dos mártires de tantas perseguições».

 

«Nos últimos tempos, padre Murad mandou-me algumas mensagens em que se demonstrava consciente de viver numa situação perigosa, e oferecia a sua vida pela paz na Síria e em todo o mundo», acrescenta.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados