Página Inicial







Vaticano: Papa responde aos que não crêem
12 de Setembro de 2013

O jornal italiano «La Repubblica» publicou na quarta-feira, 11 de Setembro, uma longa carta do Papa Francisco na qual ele escreve aos que não crêem e lhes assegura que «Deus perdoa a quem obedece a sua própria consciência».

 

A carta de quatro páginas é uma resposta ao fundador do jornal, Eugenio Scalfari, que em vários artigos dirigia ao Pontífice algumas perguntas em nome daqueles que como ele «não acreditam e não buscam a Deus».

 

«Devemos levar em consideração – e isso é algo fundamental – que a misericórdia de Deus não tem limites se nos dirigimos a Ele com o coração sincero e arrependido, a questão para quem não crê em Deus está em obedecer a sua própria consciência», responde assim Papa Francisco à pergunta de Scalfari sobre se o Deus dos cristãos perdoa a quem não crê. «O pecado, também para quem não tem fé, existe quando se vai contra a consciência», diz o Papa.

 

«Escutar e obedecer (à consciência) – explica Jorge Bergoglio – significa decidir diante do que se percebe como bem ou como mal. E sobre essa decisão está a bondade ou a maldade das nossas ações».

 

Sobre o tema da fé e laicidade que lhe havia proposto Scalfari, o Papa Francisco assegura que «chegou a hora de um diálogo aberto e sem preconceitos que reabra as portas para um sério e fecundo encontro».

 

O Papa Francisco termina sua carta assegurando que «a Igreja, apesar de toda sua lentidão, das infidelidades, dos erros e dos pecados que possa ter cometido, e que pode, todavia, cometer através daqueles que a compõem, não tem outro sentido que o de viver e dar testemunho de Jesus».



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados