Página Inicial







Mundo: Recordando S. Daniel Comboni
10 de Outubro de 2013

Este ano a comemoração da morte de S. Daniel Comboni a 10 de outubro (faleceu em 1881) acontece no âmbito do décimo aniversário da canonização deste missionário e fundador dos institutos combonianos.

 

Evocando o acontecimento da canonização a 5 de outubro de 2003, o superior geral dos Missionários Combonianos dirigiu uma carta às comunidades combonianas intituladaA santidade de Comboni desafia a nossa santidade”. Nela, apela a todos os Combonianos para que a “celebração deste 10º aniversário mais do que momento da festa que vem e vai, se transforme em momento de graça para nos abrirmos ao dom da santidade que temos em casa”.

 

Em Portugal, os ramos que compõem a Família Comboniana – Combonianos, Combonianas, Seculares e Leigos Combonianos – programaram um conjunto de atividades para assinalar este aniversário sob o tema “Com Comboni em missão profética hoje”. Destaca-se o lançamento do projecto solidário “Zo Kwe ZO” (“Toda a pessoa é pessoa”) em favor dos Pigmeus da República Centro Africana, com o qual se pretende dar a conhecer e apoiar este grupo humano, que vive à margem da sociedade e é escravizado naquele país africano. 

 

O auge das celebrações culminará numa grande peregrinação a Fátima de toda a Família Comboniana, amigos, benfeitores e colaboradores no dia 26 de julho de 2014.

 

Nascido a 15 de Março de 1831, Comboni viria a falecer com 50 anos de idade, em Cartum (Sudão). Dedicado desde os inícios do seu sacerdócio, à evangelização da África, conseguiu interessar toda a Igreja do seu tempo pelos africanos, alternando o trabalho de evangelização directa, na África, com a actividade de animação missionária na Europa. Fundou institutos de missionários e missionárias para se dedicarem à evangelização e promoção humana dos povos africanos. Foi o primeiro bispo da África Central.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados