Página Inicial







Mundo: Dia Mundial de Luta contra a SIDA
28 de Novembro de 2013

No domingo, 1 de Dezembro, celebra-se o «Dia Mundial de Luta contra a SIDA», este ano inspirado no tema «Vamos Zerar», com referência a eliminação das infecções.

 

Para os organizadores, este dia é uma oportunidade para pessoas do mundo inteiro se unirem na luta contra o VIH, demonstrar seu apoio com as pessoas que vivem com o vírus e lembrar os que já morreram por conta dessa doença.

 

De acordo com os dados da ONU, existe no mundo cerca de 34 milhões de pessoas infectadas com o VIH SIDA. Mais de 25 milhões de pessoas morreram desta doença entre 1981 e 2007, fazendo desta a pandemia mais destrutiva da história.

 

Hoje, muitos avanços científicos têm sido feitos no tratamento do VIH, existem leis para proteger as pessoas que vivem com o vírus e entendemos muito mais sobre a doença. Mas, apesar disso, as pessoas não sabem como proteger a si e aos outros contra o VIH, e o estigma e a discriminação continuam a ser uma realidade para muitas pessoas que vivem com a doença. Este dia mundial é importante, pois recorda as pessoas e o Governo que o VIH não desapareceu: ainda há uma necessidade vital para arrecadar dinheiro, aumentar a conscientização, combater o preconceito e melhorar a educação.

 

No âmbito da «Semana Europeia do Teste VIH», de 22 e 29 de Novembro, a UMR “Saúde + Perto” irá realizar rastreios ao VIH e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis, com consulta médica especializada sobre IST, nesta quinta-feira, 28 de Novembro, das 10h às 15h, no Martim Moniz, junto às Escadinhas da Saúde e à Igreja da Nª Srª do Socorro.

 

Esta semana tem como objectivos encorajar as pessoas a falar abertamente sobre as vantagens de fazer o teste de VIH, consciencializar mais pessoas para o seu estatuto serológico e reduzir os níveis de diagnóstico tardio.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados