Página Inicial







Rep. Centro-Africana: Confrontos e mais de 700 mil deslocados
23 de Dezembro de 2013

A situação na República Centro-Africana segue sendo de violência e caos. A instabilidade no país começou em março com o golpe de Estado perpetrado pelos rebeldes Seleka. Nas últimas semanas tem havido confrontos em vários bairros da capital Bangui e em diferentes pontos do país. As agências humanitárias estão tentando, com muita dificuldade, ajudar os mais de 700 mil deslocados.

 

"O principal problema é a violência", explicou Manuel Fontaine, Director Regional da UNICEF para a África Central e Ocidental. "As pessoas precisam de proteção e não recorrer à violência quando têm de resolver um problema. Enquanto isso, nós temos que fazer o nosso trabalho e dar-lhes abrigo e comida para que eles possam sobreviver com dignidade. "Nas últimas duas semanas e meia, os confrontos, em que estão envolvidos ex-rebeldes Seleka, milícia anti-Balaka e as tropas da Missão Internacional liderada pela França, deixaram mais de 1.100 mortos.

 

Com informações de «Mundo Negro Digital».



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados