Página Inicial







Vaticano: Rezar com insistência
6 de Dezembro de 2013

Na homilia desta sexta-feira, o Papa Francisco falou sobre “a oração insistente”.

 

O Santo Padre partiu da narração evangélica dos “Cegos de Jericó”, que gritam ao Senhor para serem curados e exortou “a rezar com insistência, cientes de que Deus nos escuta”. A oração cristã representa as nossas necessidades, mas, ao mesmo tempo, a certeza de que Deus atende o nosso pedido, segundo seus tempos e modos. Quem reza sabe que não perturba a Deus, pelo contrário, o faz com confiança.

 

Como os cegos de Jericó, devemos gritar a Jesus, sem temer de incomodá-lo, para que venha ao nosso socorro; é “bater à porta”, com confiança e fé, para que nos seja aberta, na esperança de sermos atendidos. E o Papa perguntou: será que Jesus nos pode curar? E respondeu:

 

“Ele pode fazê-lo, mas quando o fará, não podemos saber. Eis a segurança da oração: a necessidade de pedirmos com sinceridade ao Senhor, como um cego, que tem necessidade e está enfermo. Deus sabe o que precisamos, mas vê também o modo como lhe pedimos: com confiança, convicção e certeza, cientes de que Ele pode fazer tudo”.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados