Página Inicial







Rep. Centro-Africana: ONU autoriza uso da força
6 de Dezembro de 2013

O Conselho de Segurança autorizou, na quinta-feira, 5 de Dezembro, a implantação de uma força para intervir na crise centro-africana.

 

Com o mandado de um ano, a Missão Internacional de Apoio à República Centro-Africana Liderada por Africanos, Misca, deve tomar medidas para proteger os civis e restaurar a ordem e a segurança pública.

 

A República Centro-Africana é administrada por um governo de transição liderado pelo primeiro-ministro Nicolas Tiangaye, incumbido de restaurar a lei e a ordem além de preparar eleições democráticas. Em março, rebeldes Seleka derrubaram o presidente François Bozizé, que fugiu para o exílio.

 

O país registou um aumento da violência sectária e de confrontos armados que ditaram o que a ONU considera uma "situação humanitária que afeta toda a população de 4,6 milhões de centro-africanos."



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados