Página Inicial







África: A comunicação para promover a paz
27 de Julho de 2012

Jornalistas católicos provenientes de diversos países africanos estiveram reunidos em Mombasa, no Quénia, para um seminário de quatro dias sobre o papel dos média na resolução dos conflitos, na construção da paz e na promoção da boa governança.

 

Do congresso, organizado pela «União Católica de Imprensa Africana» (UCAP), participam jornalistas provenientes de: Quénia, Burkina-Faso, Uganda, Tanzânia, Gana, África do Sul, Zimbábue, Etiópia e outros países africanos.

 

Dom Boniface Lele, Arcebispo de Mombasa, a abrir o congresso desafiou os jornalistas a tentar ajudar o continente, e os exortou a indagar sobre os fluxos ilegais de armas e sobre questões emergentes que correm o risco de dar vida a novos conflitos. Dom Lele dirigiu ainda um apelo aos jornalistas católicos para que promovam uma visão cristã, utilizando as novas formas de comunicação digital. O Arcebispo recordou que a Igreja olha com interesse para o emergir da internet como rede de comunicação.

 

«As redes sociais não somente mudaram o nosso modo de comunicar, mas a própria comunicação, a ponto que se poderia dizer que estamos vivendo um grande período de transformação cultural. A velocidade com a qual as informações podem viajar hoje reduziram o mundo a uma “aldeia global”», salientou o arcebispo.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados