Página Inicial







Sudão do Sul: Aumenta o número de crianças na escola
17 de Setembro de 2012

Um estudo do «Banco Mundial» (BM) sugere que o Sudão do Sul conseguiu matricular 700 mil crianças nas escolas entre 2005 e 2009. O número corresponde ao dobro dos registos de crianças em apenas quatro anos.

 

De acordo com o relatório «Educação na República do Sudão do Sul: Status e Desafios para um Novo Sistema», uma criança sudanesa tem agora 60 por cento a mais de possibilidades de poder estudar, 40 por cento a mais que na década passada.

 

Mas o Sudão do Sul continua bem atrás de outros países africanos no que diz respeito à educação universal.

 

Entre os desafios estão matricular um milhão de crianças que vivem em áreas rurais carentes. É preciso ainda reduzir os índices de 60 por cento de evasão escolar em escolas primárias, para além de melhorar a qualidade da aprendizagem.

 

Um outro problema é a superlotação das salas de aula, que em média chegam a ter 129 alunos.

 

De acordo com o relatório do BM, apenas três em cada cinco professores recebem um salário do governo.

 

Numa pesquisa, realizada com alunos de escolas da África Subsaariana, estudantes da 6ª. Classe, na maioria das escolas urbanas, acertaram apenas 35 por cento das questões de língua e 29 por cento nas perguntas de matemática.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados