Página Inicial







Sudão do Sul: Agrava a situação dos refugiados
26 de Junho de 2012

Uma crise humanitária assola dezenas de milhares de refugiados sudaneses que atravessaram a fronteira para o Sudão do Sul e para a Etiópia, indica o «Alto Comissariado da ONU para Refugiados» (UNHCR).

 

O UNHCR estima que mais de 200 mil sudaneses, que fugiram dos combates entre o Sudão e o Sudão do Sul no Estado do Nilo Azul, foram acolhidos em acampamentos etíopes e sul-sudaneses.

 

Para a agência, as condições humanitárias agravam diariamente, com várias crianças a sofrer de desnutrição.

 

O plano inicial esperava acolher 135 mil pessoas, mas nas últimas semanas o número de refugiados ultrapassou os 165 mil. A situação deve-se ao fluxo para o estado do Alto Nilo, que regista a entrada de uma média de 1.000 novos refugiados por dia.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados