Página Inicial







Vaticano: Papa pede orações pelos católicos da China
22 de Maio de 2013

O Papa lembrou nesta quarta-feira, 22 de Maio, no Vaticano, as comunidades católicas na China, pedindo as orações da Igreja para que possam «ser fiéis» apesar das dificuldades que encontram.

 

«Convido todos os católicos no mundo a unir-se em oração com os irmãos e as irmãs que estão na China, para implorar a Deus a graça de anunciar com humildade e com alegria Cristo morto e ressuscitado, de serem fiéis à sua Igreja e ao sucessor de Pedro (Papa)», disse, num apelo deixado no final da audiência pública semanal que reuniu dezenas de milhares de pessoas na Praça de São Pedro.

 

Francisco recordou que na sexta-feira vai ser celebrada a memória litúrgica da Virgem Maria, auxílio dos cristãos, «venerada com grande devoção no Santuário de Sheshan», em Xangai.

 

O Papa deixou votos de que os católicos chineses possam «viver o seu dia a dia no serviço ao seu país e aos seus concidadãos de modo coerente com a fé que professam».

 

«Nossa Senhora de Sheshan, apoia o compromisso de quantos na China, entre as fadigas quotidianas, continuam a crer, a esperar, a amar, para que nunca tenham medo de falar de Jesus ao mundo e do mundo a Jesus», rezou.

 

Francisco pediu ainda que a Virgem Maria ajude os católicos chineses nos seus compromissos «cada vez mais preciosos aos olhos do Senhor» e faça crescer «o afeto e a participação da Igreja que está na China no caminho da Igreja universal».



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados