Página Inicial







Colômbia: Três sacerdotes assassinados este ano
6 de Fevereiro de 2013

Já são três os sacerdotes assassinados na Colômbia em 2013.

 

No caso mais recente, o Padre José Ancizar Mejia Palomino, de 84 anos, foi morto no dia 2 de Fevereiro, na sua residência, em Caldas, município de Riosucio.

 

De acordo com informações da polícia, o padre foi encontrado amarrado na cama e apresentava sinais de tortura.

 

O padre Mejia Palomino pertencia à diocese de Buga, mas exercitava o seu ministério pastoral na diocese de Pereira como capelão do orfanato «Sagrada Família» e na Casa para idosos «Luisa de Marillac».

 

No comunicado, o Bispo, Dom Rigoberto Corredor Bermúdez e o presbitério da diocese de Pereira expressam condolência por sua morte.

 

O Presidente da Conferência Episcopal da Colômbia, o Cardeal Rubén Salazar Gómez, Arcebispo de Bogotá, recordou a violência que ainda atinge algumas regiões do país, citando também Riosucio de Caldas onde foram mortas várias pessoas que trabalham pela reconciliação e promovem a paz entre a população.

 

Também no dia 2 de Fevereiro, foi assassinado o padre Luis Alfredo Suárez Salazar, da Arquidiocese de Villavicencio (Meta), que se encontrava em Ocaña.

 

No dia 16 de Janeiro, foi encontrado morto a facadas o padre Francisco José Vélez Echeverri, de 55 anos.

 

De acordo com boletim publicado anualmente pela agência «Fides», na Colômbia, em 2012, foi morto um sacerdote; em 2011 foram mortos seis sacerdotes e 1 leigo; em 2010 foram três 3 sacerdotes e um religioso; em 2009 foram mortos 5 sacerdotes e um leigo. Em 2013 já foram assassinados 3 sacerdotes colombianos.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados