Página Inicial







Vaticano: Deus é paciente com nossas fraquezas
26 de Março de 2013

A paciência de Deus esteve no centro da homilia do Papa Francisco durante a missa que concelebrou na segunda-feira, 25 de Março, na capela da Domus Sanctae Marthae.

 

Comentando brevemente as leituras litúrgicas, o Pontífice disse que na descrição do servo sofredor no livro do profeta Isaías há o «ícone de Jesus», da sua mansidão e paciência. Esta paciência de Deus é um mistério e isto vê-se da atitude do próprio Jesus em relação a Judas, acrescentou referindo-se à narração da unção de Betânia segundo o evangelho de João (12, 1-11). Deus é paciente como o pai do filho pródigo que todos os dias esperava o seu regresso. E se pensarmos nisto, aplicando-o a cada um de nós – concluiu o Papa Francisco – sairá do nosso coração uma só palavra: obrigado.

 

Como nos dias passados, participaram na missa numerosas pessoas que trabalham em organismos vaticanos, entre as quais as do serviço fotográfico do nosso jornal. Com elas estava o director Pe. Sergio Pellini, que concelebrou com o Pontífice juntamente com o cardeal Raúl Eduardo Vela Chiriboga, o arcebispo Lorenzo Baldisseri e os monsenhores Alfred Xuereb e Battista Ricca. Entre os presentes, Patrício Polisca com a família e o nosso director.

 



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados