Página Inicial







Brasil: JMJ Rio de Janeiro espera 2,5 milhões de pessoas
16 de Abril de 2013

Já é conhecido o programa geral da Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro. A expectativa é juntar 2,5 milhões de pessoas. De Portugal, deverão seguir 400 jovens. Sete bispos também já se inscreveram.

 

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2013 abre a 23 de Julho, tendo como principal momento a missa presidida pelo cardeal arcebispo do Rio de Janeiro, D. Orani Tempesta.

 

De acordo com o Departamento Nacional da Pastoral Juvenil, citado pela agência Ecclesia, para as manhãs de 24 a 26 estão previstas catequeses proferidas pelos bispos presentes no Rio, enquanto que à tarde decorrem eventos musicais e culturais relacionados com o tema genérico do evento: ‘Ide e fazei discípulos entre todas as nações’.

 

A tarde do dia 25 é reservada ao acolhimento do Papa, realizando-se na noite seguinte a via-sacra. Na manhã de sábado, dia 27, prepara-se a vigília de oração com Francisco, que acontecerá à noite. Durante a tarde, Francisco reúne-se com seminaristas.

 

A agenda de domingo, último dia, prevê para a parte da manhã o anúncio da sede da próxima JMJ e a missa de envio, presidida pelo Papa, que, à tarde, se encontra com os voluntários.

 

O programa dos cinco dias da Jornada abrange uma homenagem ao beato João Paulo II (1920-2005), que iniciou a JMJ, uma feira gastronómica, a entrega das chaves da cidade ao Papa, a inauguração de um centro de reabilitação de toxicodependentes e iniciativas de prevenção e recuperação da toxicodependência, entre outras iniciativas.

 

A JMJ contará com 27 palcos, cada qual representando um estado brasileiro e o Distrito Federal (Brasília), e alguns dos locais mais conhecidos do Rio, como as praias de Botafogo e Copacabana, o Cristo Redentor e o Estádio do Maracanã, acolhem iniciativas ligadas ao encontro.

 

Todos os peregrinos recebem mochila, t-shirt, boné, Terço, crucifixo, livro de Liturgia, guias e agenda cultural, além de acesso a transportes, alimentação e alojamento.

 

400 jovens portugueses e sete bispos

O diretor do Departamento Nacional da Pastoral Juvenil afirmou esta quinta-feira, em conferência de imprensa realizada em Fátima, que a “estimativa” da participação portuguesa é de 400 jovens, a que se juntam quase 100 voluntários.

 

O padre Eduardo Novo adiantou que, até agora, estão anunciadas as presenças de bispos das dioceses de Lisboa, Coimbra, Portalegre-Castelo Branco, Viseu, Bragança-Miranda, Beja e Funchal.

 

Depois de apelar à “criatividade” dos jovens para reunirem os 1500 euros que, em média, custa a participação na JMJ, o sacerdote disse que o Departamento da Pastoral Juvenil está a considerar fretar um avião para as viagens de ida e volta ao Rio de Janeiro.

 

O responsável afirmou ainda que está a ser procurado um espaço na antiga capital brasileira onde os peregrinos portugueses se possam congregar e que, ao mesmo tempo, proporcione “uma ligação histórica, cultural e social” aos emigrantes lusos no Rio de Janeiro, constituindo um ponto de encontro com essa comunidade.

 

De 16 a 20 de julho realiza-se a Semana Missionária, iniciativa de participação facultativa que para os portugueses decorre em Petrópolis, com atividades culturais e espirituais.

 

A Pastoral Juvenil continua a preparar a JMJ com a publicação mensal de um “itinerário catequético” baseado em exemplos de santidade, reuniões para voluntários e a abertura, no seu site, de uma secção dedicada à Jornada.

 

Reportagem de Paula Costa Dias para a «Rádio Renascença».



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados