Página Inicial







Vaticano: Congresso por um mundo livre de armas nucleares
8 de Novembro de 2017

Congresso Internacional «Perspetivas por um mundo livre das armas nucleares e por um desarmamento integral» marcado para 10 e 11 de novembro no Vaticano.

 

Trata-se do primeiro encontro global sobre o desarmamento atómico após a aprovação do “Tratado sobre o banimento das armas nucleares”, assinado por 122 países da comunidade internacional (entre os quais a Santa Sé), em Nova York, em 7 de julho de 2017, após anos de intensas e árduas negociações.

 

O prefeito do Dicastério vaticano para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, Cardeal Peter Turkson, observa que “o evento responde às prioridades do Papa Francisco para a paz e pelo uso dos bens da criação em favor do desenvolvimento e uma justa qualidade de vida para todos, indivíduos e povos, sem distinção”.

 

Em mensagem publicada na rede social Twitter no dia 26 de setembro de 2017, o Papa escreveu: “Comprometamo-nos por um mundo sem armas nucleares, aplicando o Tratado de não-proliferação para abolir estes instrumentos de morte”.

 

O Congresso contará com a participação de 11 Prémios Nobel da Paz, de expoentes da ONU e da Otan, de diplomatas representantes dos Estados entre os quais a Rússia, EUA, Coreia do Sul e Irão, bem como dos máximos especialistas no campo dos armamentos e expoentes de fundações, organizações e da sociedade civil.

 

Estarão igualmente presentes, além de representantes das Conferências episcopais e de Igrejas, a nível ecumênico e de outros credos, também delegações de docentes e estudantes provenientes de Universidades dos EUA, Rússia e União Europeia.

 

Será particularmente significativo o testemunho de Masako Wada – secretário geral assistente da Nihon Hidankyo –, um dos últimos sobreviventes do bombardeio de Hiroshima, que se pronunciará representando as vítimas das armas atómicas, e todas as vítimas dos outros experimentos nucleares.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados