Página Inicial







Vaticano: São Óscar Romero é a imagem do Bom Pastor
16 de Outubro de 2018

“São Óscar Romero soube encarnar, com perfeição, a imagem do Bom Pastor que dá a vida pelas suas ovelhas”, disse o Papa Francisco em encontro realizado na segunda-feira, 15 de outubro, com cerca de cinco mil fiéis salvadorenhos e da América Latina que foram a Roma para a canonização do santo.

 

“Agora e, sobretudo, desde a sua canonização, vocês podem encontrar nele ‘exemplo e estímulo’ no ministério que lhes foi confiado”, disse aos bispos presentes, e acrescentou: exemplo de predileção, para os mais necessitados da misericórdia de Deus; estímulo para testemunhar o amor de Cristo e a solicitude pela Igreja. Que o santo Bispo Romero os ajude a ser, para todos, sinais da unidade na pluralidade, que caracteriza o santo povo de Deus”.

 

Em seguida, Francisco dirigiu-se, de modo particular, aos numerosos sacerdotes e religiosos e religiosas de El Salvador, chamados a viver o compromisso cristão, inspirados no estilo de vida do novo santo, exortando-os a serem dignos de seus ensinamentos, sendo, acima de tudo, "servidores do povo sacerdotal", como Jesus, o único e eterno sacerdote:

 

“São Óscar Romero concebia o sacerdote entre dois grandes abismos: o da infinita misericórdia de Deus e o da infinita miséria dos homens. Queridos irmãos, esforcem-se, sem cessar, para realizar este infinito anseio de Deus de perdoar os homens, que se arrependem de suas misérias, e abrir os corações de seus irmãos à ternura do amor de Deus, também mediante a denúncia profética dos males do mundo”.

 

Enfim, o Papa saudou, cordialmente, os numerosos peregrinos de El Salvador e de outros países latino-americanos, aos quais recordou a mensagem que São Óscar Romero deixou a todos, grandes e pequenos, sem exceção:

 

“Ele repetia, com vigor, que todo católico deve ser mártir, porque mártir significa dar testemunho da mensagem de Deus aos homens. Deus quer estar presente em nossas vidas e nos convida a anunciar a sua mensagem de liberdade para toda a humanidade. Somente nele podemos ser livres do pecado, do mal, do ódio em nossos corações; livres para amar e acolher o Senhor e nossos irmãos e irmãs. Esta verdadeira liberdade, aqui na terra, passa pela preocupação com o homem concreto, para despertar em cada coração a esperança da salvação”.

 

O Santo Padre expressou também um desejo: “A memória de São Óscar Romero é uma oportunidade excecional para enviar uma mensagem de paz e reconciliação a todos os povos da América Latina”.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados