Página Inicial







Santa Sé: Promover não-proliferação e desarmamento nuclear
26 de Setembro de 2018

Assinala-se nesta quarta-feira, 26 de setembro, o «Dia Internacional para a Eliminação Total das Armas Nucleares”.

 

Recentemente, a Santa Sé assinou e ratificou o Tratado sobre a proibição das armas nucleares e defendeu o banimento dos testes com armas nucleares.

 

“O regime de não-proliferação deve atuar incansavelmente pelo banimento total dos testes nucleares, como já faz pelo desarmamento nuclear”, indica a Santa Sé.

 

“Em última análise, devemos reconhecer que a nossa paz e segurança dependem da paz e segurança dos outros”, afirmou o secretário vaticano das Relações com os Estados, Dom Paul Richard Gallagher, em pronunciamento em Viena, na Áustria, na 62ª Conferência internacional da Agência internacional para energia atômica (Aiea).

 

Na terça-feira, 25 de setembro, o Papa salientou em conferência de imprensa após viagem aos países do Báltico, que os gastos mundiais com o armamento são escandalosos.

 

“A indústria das armas hoje é escandalosa, perante um mundo com fome”, salientou Francisco.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados