Página Inicial







Brasil: Ezequiel Ramin e Dorothy Stang, vidas doadas pela Amazónia
24 de Julho de 2018

“Há muitos Ezequiéis que ainda hoje continuam a ser sacrificados por estarem a defender a nossa Casa Comum”, disse o padre Dário Bossi, durante a III Romaria do padre Ezequiel Ramin, que se realizou no domingo, 22 de julho.

 

A lembrança do missionário Ezequiel permanece presente na Amazónia e na vida do povo brasileiro, através de inúmeras iniciativas e eventos dedicados ao seu nome: escolas, casas familiares rurais, projectos de desenvolvimento local, assentamentos de reforma agrária, ruas… E a última prova é aquela do município da Rondolândia, onde foi assassinado Ezequiel, que decretou feriado municipal o dia 24 de Julho, para fazer memória da morte deste homem apaixonado pela missão e pelo povo amazónico.

 

Fonte: Comboni.org



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados