Página Inicial







Síria: País é a ameaça mais séria à paz mundial
17 de Abril de 2018

Em declarações durante uma reunião de emergência do Conselho de Segurança das Nações Unidas, António Guterres afirmou que a Síria é hoje a ameaça mais séria à paz e à segurança internacionais.

 

No passado final de semana, uma coalizão dos Estados Unidos, França e Reino Unido efetuou um ataque contra três alvos militares dentro da Síria incluindo um suposto armazém de armas químicas, na cidade de Homs.

 

Segundo os Estados Unidos e a Rússia, o ataque teria ocorrido sem feridos ou mortos civis.

 

O chefe da ONU deixou claro, no entanto, que as Nações Unidas não têm como verificar, de forma independente, os detalhes das operações.

 

António Guterres voltou a afirmar que o Conselho de Segurança tem obrigações, de acordo com a Carta da ONU, de zelar pela paz e segurança internacionais. E pediu aos membros do Conselho que cumpram com suas obrigações e demonstrem união.

 

Para o chefe da ONU, o que ocorre são violações sistemáticas da lei internacional e de direitos humanos e um desrespeito ao espírito da Carta das Nações Unidas.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados