Página Inicial







Índia: Igreja no combate à violência contra as mulheres
3 de Maio de 2018

A arquidiocese de Mumbai promoveu uma manifestação no dia 1 de maio, em seis paróquias da Igreja local, em favor das mulheres e crianças vítimas de injustiças, abusos e violências.

 

“Porque somos irmãos e irmãs, porque podemos mudar a situação com a nossa presença, oração e ação. Porque nos importamos com isso”, foi o tema de inspiração da manifestação.

 

A iniciativa nasce em um momento particularmente delicado na Índia: nas últimas semanas ocorreram casos de uma violência inaudita. D. John Rodrigues, bispo auxiliar de Mumbai, recorda em particular de três mortes violentas: “uma criança de oito anos no vilarejo de Rassana, em Jammu; uma jovem de 17 anos em Unnao, em Uttar Pradesh; e uma menina de 11 anos em Surat, em Gujarat”.

 

“Queremos que as mulheres sejam tratadas com igual dignidade, e que todos na Índia se sintam realmente irmãos e irmãs, e que as crianças possam viver a sua infância”, indica o bispo.

 

Por isso, a arquidiocese deseja mobilizar-se, “envolvendo também pessoas de outras confissões religiosas”, acrescenta.

 

Diante de tantas atrocidades a Igreja é chamada a “demonstrar o próprio apoio, a própria proximidade às vítimas: crianças abusadas, mulheres que sofreram atos de violências terríveis. Com fé e oração, acreditamos que podemos avançar na construção de um país justo e pacífico”, conclui D. John Rodrigues.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados