Página Inicial







Vaticano: Unir-se em oração a todos os fiéis católicos na China
24 de Maio de 2018

O Papa Francisco apelou ontem, 24 de maio, às comunidades para que se unam em oração a todos os fiéis católicos na China.

 

O Santo Padre exortou todas as dioceses do Ocidente a “unirem-se espiritualmente” aos seus irmãos chineses, para que estes “possam viver a sua fé com serenidade e generosidade”.

 

Nesta quinta-feira, celebra-se a festa anual em honra de Nossa Senhora Auxiliadora que é “particularmente venerada no Santuário de Sheshan, na China”, recordou o Papa argentino.

 

Francisco pediu a intercessão de Nossa Senhora para que as comunidades católicas chinesas “saibam ser sinal de fraternidade, concórdia e reconciliação, em pela comunhão com o Sucessor de Pedro”.

 

E deixou uma palavra diretamente aos peregrinos chineses presentes na Praça de São Pedro, assegurando-lhes que “a Igreja universal reza com eles e por eles”.

 

Para que “no meio da dificuldade possam continuar a confiar-se nas mãos de Deus”, completou.

 

Recorde-se que as relações diplomáticas entre a Santa Sé e a China estão interrompidas há 67 anos, depois do Governo de Pequim ter decidido expulsar todos os missionários estrangeiros do país.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados