Página Inicial







Portugal: Cabo-verdiano é vencedor do Prémio Camões 2018
23 de Maio de 2018

O escritor cabo-verdiano Germano Almeida é o vencedor do Prémio Camões 2018, foi anunciado segunda-feira, 21 de maio, em Lisboa.

 

Nascido em 1945 na ilha da Boavista e a viver actualmente no Mindelo, Germano Almeida é autor de obras como "A ilha fantástica", "Os dois irmãos" e "O testamento do Sr. Napumoceno da Silva Araújo", estes dois últimos já adaptados para cinema.

 

Em Portugal, tem a sua obra publicada pela editora Caminho, que em breve editará o seu mais recente romance, O Fiel Defunto.

 

Germano Almeida, um dos autores mais lidos e traduzidos de Cabo Verde, é o segundo autor cabo-verdiano a ser distinguido com o Prémio Camões, depois de o galardão ter sido atribuído em 2009 ao poeta Arménio Vieira.

 

Criado por Portugal e pelo Brasil em 1989, o Prémio Camões tem um valor de 100 mil euros e é a mais importante consagração literária da língua portuguesa. No ano passado foi entregue ao poeta e romancista Manuel Alegre, o autor de Praça da Canção.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados