Página Inicial







Afeganistão: Atentado deixa oito mortos na saída de encontro religioso
4 de Junho de 2018

Um atentado suicida na saída de um encontro religioso em Cabul, no Afeganistão, deixou oito mortos.

 

Bombista fez-se explodir quando religiosos muçulmanos saíam de um encontro onde expressaram condenação sobre atos terroristas.

 

De acordo com as informações, pelo menos 3.000 religiosos participaram na conferência, que aconteceu em um local conhecido como Loya Jirga, ou "grande conselho", onde acontecem encontros da cúpula do clero e de funcionários do governo.

 

Forças de segurança disseram que o homem-bomba executou o ataque "na rua, diante da entrada da tenda onde os ulemás estavam reunidos e emitiram uma fatwa (decreto religioso) contra o terrorismo e os atentados suicidas".

 

Um porta-voz do governo publicou no Twitter que o decreto religioso (fatwa) declara "os atentados suicidas e as explosões contrárias ao islão e um grave pecado".

 

"As guerras em curso no Afeganistão não têm nenhum fundamento legal, apenas os afegãos são suas vítimas. Não têm nenhum valor religioso nem humano", afirma o texto.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados