Página Inicial







Sudão do Sul: Formação de professores concluída após cinco anos
26 de Abril de 2018

Os missionários combonianos da antiga missão Fangak, juntamente com a rede católica de solidariedade religiosa com o Sudão do Sul, organizaram uma formação para professores do ensino primário na paróquia da Santíssima Trindade, no antigo condado de Fangak.

 

O curso teve início em 2013 com 80 candidatos e 44 concluíram o ensino superior com sucesso e se formaram em março de 2018. Infelizmente, quase metade dos candidatos desistiu devido à guerra e outras circunstâncias que forçam os sul-sudaneses a interromper sua educação. Nesta região, mais de 95% são analfabetos, enquanto a média nacional é de 75%.

 

Agradecemos especialmente a Ir. Barbara Paleczny, da Escola das Irmãs de Notre Dame, pelo seu esforço incansável para tornar este programa um sucesso. Antes desse treinamento de professores, nenhuma das pessoas que ensinavam em nosso condado tinha uma formação adequada para professores.

 

Há cerca de 20 anos que o sistema escolar está a ser lentamente estabelecido. Enquanto o município de Fangak, com uma população de cerca de 120.000 habitantes, tinha apenas três escolas primárias em 2000, em 2010 havia já 27 escolas e em 2018 há cerca de 80 escolas que oferecem educação formal.

 

Mas eles não oferecem aos alunos a conclusão da escola primária porque eles foram abertos recentemente e ainda não atingiram o nível mais alto da classe, que é a Primária 8 no Sudão do Sul. A segunda razão é a falta de professores treinados que possam ensinar até a Primária 8. Atualmente, existe apenas uma escola em todo o condado, administrada pelos Combonianos, onde um estudante pode obter um certificado de conclusão da primária. Esperamos que isso mude em um futuro próximo com a formatura dos 44 professores da Escola de Formação de Professores Solidários.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados