Página Inicial







Vaticano: O Batismo é o princípio de um processo que nos permite viver unidos a Cristo na Igreja
18 de Abril de 2018

Dando continuidade às catequeses sobre o Batismo, a homilia do Papa nesta quarta-feira, 18 de abril, nos apresentou os gestos e palavras iniciais da celebração deste sacramento que nos ajudam a compreender o seu significado.

 

“O Batismo é o princípio dum processo que nos permite viver unidos a Cristo na Igreja”, afirmou o Papa, e prosseguiu: “Assim, voltar à fonte da vida cristã faz-nos compreender melhor o dom lá recebido e ajuda-nos a renovar o compromisso de lhe corresponder na condição em que hoje nos encontramos”.

 

Francisco seguiu dizendo que no rito de acolhimento, começa-se por perguntar o nome da pessoa que vai receber o Batismo.

 

“O nome indica a sua identidade original, mesmo na vida cristã. De facto, Deus chama cada um pelo seu nome, amando-nos singularmente; ao longo dos anos, Ele continuará a pronunciar o nosso nome, de inúmeras maneiras, chamando-nos a ser cada vez mais parecidos com Cristo”, destacou.

 

“Expressão disto é o sinal da cruz que o celebrante e os pais traçam na fronte da criança: é a marca de Cristo impressa nesta pessoa que passa a pertencer-Lhe e significa a graça da redenção que Cristo nos adquiriu pela sua cruz. A cruz é o distintivo que manifesta quem somos: o nosso modo de falar, pensar, ver, agir estão sob o signo da cruz, ou seja, do amor de Cristo até ao fim. Por isso, somos convidados a repetir este sinal nas mais variadas circunstâncias da nossa vida, bem como a persignar-nos com um pouco de água benta, que nos recorda o nosso Batismo”, explicou o Papa.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados