Página Inicial







Brasil: Comissão Pastoral cria página com massacres no campo
18 de Setembro de 2017

A Comissão Pastoral da Terra (CPT) tornou público os registros de massacres no campo ocorridos entre 1985 e 2017. Em 32 anos de observação, foram contabilizados 45 massacres e 214 mortes em nove Estados brasileiros. Mais da metade, 26, dos massacres aconteceram no Estado do Pará.

 

O objetivo é dar visibilidade a todos os massacres e alertar para um tipo de crime que visa expulsar os povos de seus territórios.

 

A página especial possui uma linha do tempo que permite visualizar informações, fotos e vídeos sobre cada massacre.

 

De acordo com os dados da CPT, o número de líderes e defensores assassinados tem vindo a aumentar e em 2016 foi mesmo registrado um recorde de mortos (66). E o ano de 2017 pode vir a ser ainda mais violento, sendo que até o mês de agosto já foram registrados 59 mortos entre defensores e defensoras dos direitos humanos no país.

 

Essa situação motivou uma denúncia enviada à Organizações das Nações Unidas (ONU), para que os organismos internacionais solicitem informações ao Estado brasileiro sobre a protecção dos defensores de direitos humanos no país.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados