Página Inicial







Mundo: Novo relatório define caminho para "planeta livre de poluição"
4 de Outubro de 2017

Chefe do departamento das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Unep) afirma que a "poluição é um desafio universal", mas que o mundo já sabe o que "precisa ser feito para evitá-la e reduzi-la".

 

O novo relatório da Unep diz que embora a poluição tenha impactos negativos consideráveis na saúde humana e nos ecossistemas, é controlável e evitável através de liderança política, defensores e compromissos importantes e ações locais.

 

O relatório "Na direção de um planeta livre da poluição" foi lançado durante a Primeira Conferência das Partes para a Convenção de Minamata sobre mercúrio, e antes da Assembleia Ambiental da ONU, que será realizada em dezembro.

 

O chefe da agência da ONU, Erik Solheim, lembrou que a "poluição é um desafio universal", mas afirmou que a "boa notícia" é que o mundo já sabe o que "precisa ser feito para evitá-la e reduzi-la".

 

Solheim destacou que a responsabilidade é de governos, empresas, autoridades locais, sociedade civil e indivíduos em todo o mundo de se comprometer a agir para acabar com a poluição em todas as suas formas.

 

Citando os impactos negativos que a poluição tem especialmente nas pessoas mais pobres e vulneráveis, ameaçando seus direitos humanos, respostas limitadas de governos, empresas e cidadãos à situação e desafios atuais, o relatório sugere algumas ações abrangentes.

 

A primeira medida seria um pacto global sobre a poluição que tornaria sua prevenção uma prioridade para todos, seguida do fortalecimento da governança ambiental em todos os níveis.

 

Outra ação seria promover consumo e produção sustentáveis, através da melhora na eficiência de recursos e mudanças em estilos de vida, assim como priorizar o gerenciamento e a redução do desperdício.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados