Página Inicial







Portugal: Guião Missionário 2017/2018
2 de Outubro de 2017

Os Institutos Missionários Ad Gentes e as Obras Missionárias Pontifícias publicaram o «Guião Missionário 2017/2018» para dinamizar e impulsionar a atenção e oração pelas missões no mês de outubro a partir do tema “Com Maria, missão de paz”.

 

Veja também a Mensagem do Papa (A missão no coração da fé cristã) dedicada ao Dia Mundial das Missões (22 de outubro).

 

Peregrinos da Paz e da Esperança

O Papa Francisco visitou Fátima como peregrino da esperança e da paz. O que ele disse vai continuar a falar alto e calar fundo no coração de quantos o quiseram ouvir. Destaco algumas das frases que ficaram para a nossa história: ‘Percorreremos todas as rotas, seremos peregrinos de todos os caminhos, derrubaremos todos os muros e venceremos todas as fronteiras, saindo em direção a todas as periferias, aí revelando a justiça e a paz de Deus. Seremos, na alegria do Evangelho, a Igreja vestida de branco, da alvura branqueada no sangue do Cordeiro derramado ainda em todas as guerras que destroem o mundo em que vivemos’ – disse na visita à Capelinha das Aparições.

‘Que Ela, Mãe doce e solícita de todos os necessitados, lhes obtenha a bênção do Senhor! Sobre cada um dos deserdados e infelizes a quem roubaram o presente, dos excluídos e abandonados a quem negam o futuro, dos órfãos e injustiçados a quem não se permite ter um passado, desça a bênção de Deus encarnada em Jesus Cristo’.

‘Sempre que olhamos para Maria, voltamos a acreditar na força revolucionária da ternura e do carinho. Nela vemos que a humildade e a ternura não são virtudes dos fracos mas dos fortes, que não precisam de maltratar os outros para se sentirem importantes’ – antes da Recitação do Rosário.

 

A dimensão missionária esteve sempre presente. Semeou ternura, apelou ao futuro, deu lugar à esperança. Regressou a Roma onde continua a sua Missão de empurrar a Igreja para uma mudança que leve os corações dos cristãos a bater ao ritmo do coração de Deus.

 

Este Guião Missionário vai pôr o nosso coração a bater ao ritmo do coração da Deus e da Igreja que o papa Francisco quer sempre em saída, em direção às periferias e margens.

 

Finalidade deste Guião

1 – Dinamizar o mês de outubro através de reflexões, momentos de oração e celebrações de modo a torná-lo um mês especialmente dedicado à Missão. E a partir deste mês, que esta dinâmica, se possa estender ao longo de todo o ano.

 

2 - Oferecer material de reflexão, oração e ação para o encontro semanal do grupo, movimento ou comunidade – escolher o dia e hora mais conveniente. É de toda a vantagem que a reflexão realizada e o compromisso assumido pelo grupo sejam partilhados com a comunidade paroquial, no âmbito da Eucaristia dominical.

 

3 - Orientar as comunidades para a participação ativa na Vigília Missionária e na celebração do Dia Missionário Mundial.

 

4 - Aprofundar o espírito e a prática da oração paroquial, comunitária, familiar e pessoal – com preocupações universais – nomeadamente através das «preces diárias».

 

5 - Sensibilizar as comunidades eclesiais, no sentido de despertarem vocações consagradas e laicais para o serviço missionário universal.

 

6 - Criar uma consciência viva de solidariedade, comunhão e cooperação entre as Igrejas, através de propostas de estilos de vida simples, seguindo critérios de sobriedade alegre e fraterna partilha de bens.

 

7 - Motivar o conhecimento da realidade missionária, de modo a descobrir o entusiasmo e vitalidade das jovens Igrejas, assim como os valores das outras culturas.

 

8 - Propor atitudes e gestos que levem a um maior espírito de abertura, diálogo, colaboração e compreensão entre as pessoas, grupos e comunidades.

 

9 - Favorecer um maior conhecimento, colaboração, entreajuda e partilha entre os cristãos, comunidades, associações missionárias laicais, instituições missionárias diocesanas e institutos missionários.

 

10 - Promover, na Igreja e na sociedade em geral, a participação ativa em ações e campanhas que visem a dignidade de todas as pessoas, a solidariedade para com os mais pobres, excluídos e injustiçados, e a proposta de causas a favor da justiça e da paz entre pessoas, grupos e nações.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados