Página Inicial







RD Congo: São já 468 as vítimas do Ébola
1 de Fevereiro de 2019

O número de mortos por contágio de vírus Ébola na República Democrática do Congo (RDC) subiu para 468 desde 1 de agosto, quando foi declarada a epidemia. No entanto, 250 pessoas infetadas foram dadas como curadas, informou o Ministério da Saúde congolês.

 

As localidades onde ocorreram o maior número de mortes são: Beni (146), Katwa (103), Mabalako (70), Butembo (47) e Kalunguta (34).

 

O Ébola transmitido por contacto físico através de fluidos corporais infetados e provoca febre hemorrágica.

 

O Governo da RD Congo admitiu que a epidemia de Ébola é já a maior da história do país relativamente ao número de contágios (759).

 

A RDC foi atingida nove vezes pelo Ébola, depois da primeira aparição do vírus naquele país africano, em 1976.

 

Em 1995, o vírus do Ébola provocou a morte a 250 pessoas na cidade de Kikwit, na província de Kwilu, no sudoeste da RD Congo.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados