Página Inicial







Médio Oriente: ONU defende dois Estados para Israel e Palestina
29 de Novembro de 2018

Secretário Geral das Nações Unidas fez um apelo para que os líderes de Israel e da Autoridade Palestina tomem medidas ousadas e restaurem a fé na promessa da Resolução 181, documento que estabelece dois Estados, a viver lado a lado em paz e segurança, com fronteiras baseadas nas linhas de 1967 e Jerusalém como a capital de ambos.

 

O discurso de António Guterres foi por ocasião do Dia Internacional de Solidariedade com o Povo Palestiniano, celebrado nesta quinta-feira, 29 de novembro.

 

O representante da ONU acredita que “somente negociações construtivas, de boa-fé e que sigam os parâmetros estabelecidos há muito tempo e acordados para uma solução de dois Estados, trarão a solução desejada e duradoura.”

 

Segundo Guterres, “essa é a única maneira de alcançar os direitos inalienáveis ​​do povo palestiniano e a única opção para uma paz compreensiva e justa.”

 

Na mensagem do Papa para o Natal de 2017, Francisco recordou as tensões entre palestinianos e israelitas, e pediu “orações pelo retorno ao diálogo e uma solução negociada que permita a coexistência pacífica de dois Estados”.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados